FRANKENSTEIN: ou o Prometeu Moderno de Mery Shelley

segunda-feira, 3 de setembro de 2018


Existem muitas edições dessa história. Umas lindíssimas outras mais simples como essa que tenho que contém mais outras duas histórias clássicas que serviram de patamar para tantas outras histórias de fantasia que surgiram. Todo esse universo de seres “inumanos” tem muito que venerar essas obras.

Eu já tinha ouvido falar muito sobre Frankenstein, assim como já tinha assistido alguns filmes (isso a bastante tempo), e no geral o que eu sabia era que existia esse “mostro” que tinha sido criado a partir de pedaços de outros cadáveres, porém não é bem por aí que a história é permeada.

Frankenstein é o criador e não a criatura. A criação dessa criatura que não tem nome não é bem detalhada, pois Frankenstein não quer que outras pessoas reproduzam o que ele fez. Porém o resultado final é bem aquilo que a gente tem em mente, um ser desproporcional, feio e grande.

O livro é narrado em formas de cartas que R. Walton manda para a sua irmã sra. Saville, onde ele conta a história de Frankenstein logo após encontrá-lo em meio a gelo. E assim que ficamos sabemos de todo a trajetória do criador e de sua criatura.

No prefácio escrito pela própria autora, ficamos sabendo como surgiu a inspiração para sua história, o que era para ser apenas um conto tomou forma e se tornou um livro.

A narrativa apresenta duas perspectivas distintas. Se por um lado é compreensivo as decisões/pensamentos de Frankenstein ao fugir de sua criação, também é triste ver a criatura que acabou de nascer ter que se virar sozinho no mundo. É nítido também a dualidade em relação a moralidade e principalmente a natureza humana. Um aspecto importante é vê os costumes daquela época descritos na narrativa do livro.

Não é apenas um grande clássico. É bem mais do que um livro sobre uma criatura bizarra. Mary Shelley fez de uma pequena inspiração um grande livro.

Leiam. Apreciem.




Sobre o desafio de 12 livros para 2018

sábado, 21 de julho de 2018



Já estamos na metade do ano e tenho que informar que meu pequeno desafio foi “adiado”.

Nem imaginei que minha vida seria essa pequena confusão que se tornou, muito menos que teria tantas reviravoltas como teve e está tendo. Mas, não estou reclamando. Tudo pelo que passei foi necessário.

Por enquanto, o desafio foi estendido. Ainda seguirei essa lista para minhas futuras compras, assim como ainda postarei as demais resenhas dos livros lidos.



Lidos:
Cartas Extraordinárias
Água Viva


Estou lendo O Mundo de Sophia, mas a leitura não desenvolveu. Acho que tenho um problema sério com esse livro. 

No mais, não estou conseguindo me concentrar em nenhuma leitura no momento. Infelizmente. Por enquanto é isso.

Beijos ;)

Sandman - Volume 1 de Neil Gaiman

sexta-feira, 11 de maio de 2018




Não tenho nem palavras para descrever a sensação de ler uma obra dessa. Muito ouvir falar Neil Gaiman, muito ouvi falar de Sandman, Morfeus, Rei dos Sonhos (o nome pode variar dependendo do lugar em que se encontra). Nunca imaginei que seria uma experiência incrível a leitura dessa obra.

Sandman é um dos 7 Perpétuos que acaba sendo capturado por um grupo de humanos. Ele passa bastante tempo preso e quando consegue se libertar, quer apenas uma coisa: vingança.

Aos poucos esse ser misterioso é apresentado, seus poderes, sua vida, seu passado. Até mesmo a sua personalidade e suas características marcantes. Ele foi desenhado justamente para se destacar e ser reconhecido em qualquer lugar, sua aparência é única com seus olhos estranhos e singular. Além de usa preto, é ser jovem e alto. Até mesmo o balão com sua fala é diferente do que se costuma usar.
Sandman


Morfeus é um dos melhores personagens que já tive o prazer de conhecer. E olha que li apenas esse primeiro volume – por enquanto. E retorno a dizer, não tenho palavras para descrever essa magnifica obra.

Os diálogos são incríveis, a arte, a caracterização dos personagens, os traços, a trama que é contada em cada arco, todo o universo em que a história está inserida é fascinante.

Tão bom ler uma obra que além de entreter ainda faz pensar nela, instiga, te tira da zona de conforto. O diferencial aqui é o conjunto da obra.

Além de Sandman, conhecemos um pouquinho dos outros Perpétuos, e de todos a que mais se destacou foi a Morte. ♥

Eu amei. Não vejo a hora de ler o Volume 2.




Morte e Sandman



#Esse livro faz parte do Desafio 12 Livros para 2018

Beijos ;)

Lançamento: Mundos - Volume 6

sábado, 5 de maio de 2018


Sinopse: Reunidos neste sexto volume da antologia ‘Mundos’ estão alguns dos mais reconhecidos autores brasileiros de literatura fantástica. Prepare-se para uma viagem inesquecível aos mais diversos universos, recheados de criaturas mágicas, intrigas e muitas aventuras!



O livro já se encontra em pré-venda AQUI.

Trata-se de uma antologia de contos com diversos autores. Estou participando também
Então logo mais mostrarei os detalhe dele por aqui.

Fanpage: Editora Buriti

Beijos ♥♥




Dica de Filmes: 3 Indicados ao Oscar 2018

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Olá

Eu tinha me programado para assistir aos filmes indicados na categorias de Melhor Filme do Oscar 2018, mas infelizmente não consegui ainda assistir a todos.

Bom, se até o dia 04/03 eu consegui assistir os demais, posto aqui até porque queria muito fazer minhas aposta.

Bem, então vamos conversar um pouco sobre os que eu consegui vê.


A Forma da Água - 2017

Sinopse: Uma história de amor num mundo mágico e misterioso na América em 1963. Elisa (Sally Hawkins) é uma zeladora muda que trabalha em um laboratório onde um homem anfíbio está sendo mantido em cativeiro. Quando Elisa se apaixona com a criatura, ela elabora um plano para ajudá-lo a escapar com a ajuda de seu vizinho. O mundo exterior do laboratório, no entanto, pode revelar-se mais perigoso para o homem anfíbio do que Elisa poderia ter previsto.

Minha avaliação:
 5 / 5

Minha OpiniãoComo eu queria vê esse filme. Série, eu estava muito animada, e ainda bem que fui surpreendida. 

É poético, cheio de detalhes  além de ser sensível.É simples em alguns detalhes, meio previsível e teve um detalha do qual eu não gostei muito mas mesmo assim não deixa de ser envolvente.

Aparentemente é simples, mas é justamente essa simplicidade que cativa. Ele tem um ritmo dele, tem seus momentos não bons, tem suas surpresas e também seu tom divertido.

Vale a pena ser assistido.



Corra! - 2017


Sinopse: Chris (Daniel Kaluuya) é jovem negro que está prestes a conhecer a família de sua namorada caucasiana Rose (Allison Williams). A princípio, ele acredita que o comportamento excessivamente amoroso por parte da família dela é uma tentativa de lidar com o relacionamento de Rose com um rapaz negro, mas com o tempo, Chris percebe que a família esconde algo muito mais perturbador.

Minha avaliação:
 4.5 / 5

Minha OpiniãoCorra! foi um dos filmes que eu mais vi comentários no ano passada. E que filme. Digno de toda a discussão que se teve em torno dele.

É  um filme que surpreende do começo ao fim, que causa incomodo e desconforto porque aparentemente tudo está normal, mas nada foi o como imaginei.

Sabe aquela sensação de que tem algo errado, que tem algo ali que não se encaixa? Atenção aos detalhes. Muita atenção aos detalhes que vão aos pouquinhos dando dicas do algo maior que está por vim. Pode parecer uma trama simples, mas está longe de ser.

Eu particularmente adoro filmes de terror  e Corra! apresenta um horror mais digamos, realista ao retratar o racismo de forma direta e indireta. Assistam, só digo isso, assistam.



Trama Fantasma - 2017

Sinopse: No glamour de Londres dos anos 50, o renomado costureiro Reynolds Woodcock (Daniel Day-Lewis) e sua irmã Cyril (Lesley Manville) estão no centro da moda britânica, vestindo a realeza, estrelas de cinema, herdeiros, socialites, debutantes e damas com o distinto estilo da Casa de Woodcock. Mulheres vem e vão na vida de Woodcock, entregando inspiração e companhia ao solteiro, até que ele encontra a jovem e opiniosa Alma (Vicky Krieps), que logo se torna um acessório em sua vida como sua musa e amante. Uma vez "controlado", ele vê sua vida minuciosamente planejada ser interrompida pelo amor.

Minha avaliação:
  3.5 / 5

Minha OpiniãoBastou apenas assistir o trailer para já ficar encantada. O figuro é belíssimo, e história foi se desenrolando de tal forma que apesar de não ser muito atraente os personagens são o que abrilhanta as cenas.

Apesar de ser um pouco complexo e poder ser que alguns detalhes passem despercebidos, é delicado. Não foi bem aquilo tudo que eu imaginei que seria e alguns momentos ficou monótono, mesmo assim recomendo.



Esses foram os filmes indicados ao Oscar que consegui assistir até o momento, e vocês já assistiram a algum deles?

Beijos ;)