Resenha: O Exorcista

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

O Exorcista
Sinopse: "Um clássico do terror com mais de 13 milhões de cópias vendidas“. Impossível parar de ler. Poe e Mary Shelley reconheceriam [William Peter Blatty] como mais um integrante do limbo ambíguo entre o natural e o sobrenatural... De arrepiar.” – LifeUma obra que mudou a cultura pop para sempre, O exorcista é o livro que deu origem ao maior filme de terror do século XX. Quatro décadas após chocar o mundo inteiro, a obra-prima de William Peter Blatty permanece uma metáfora moderna para o combate entre a fé e o profano em forma de um dos romances mais macabros já escritos."


Ficha Técnica:
Autor: William Peter Blatty
Título: O Exorcista
N° de páginas:  330
Editora: Harper Collins Brasil
Avaliação Final:  5/5   ♥♥♥♥♥


Minha Opinião: Como eu queria ler esse livro, e ao mesmo tempo tinha medo, receio de não sei bem o que. Foi uma leitura rápida e não me causou medo – e olha que imaginava que não conseguiria ler. Mesmo assim, evitei ler ele à noite, pelo menos no começo.

A história é conhecida, tanto pelo livro quanto pelo filme. A Chris (que é uma atriz renomada) tem uma filha de 11 anos, Regan que passa a mostrar alguns compartimentos diferentes. Ela então leva a menina a vários médicos, e na maioria das vezes a explicação para esse comportamento dela é uma possível culpa por causa do divorcio dos pais.

Regan não melhora, pelo contrário, ela passa a ficar cada vez pior. O que faz com que Chris busque outro tipo de ajuda. Ela então se encontra como Padre Karras que está com sua abalada por causa da morte de sua mãe, mesmo assim ele aceita vê Regan.

Ele não quer acreditar que Regan esteva possuída, o problema é que para sem conseguir fazer um exorcismo precisa-se de provas, e é isso que Karras procura quando passa a frequentar a casa de Chris.

Apesar de todo o sofrimento pelo qual Regan passa, eu não consegui ter convicção de que fato que ela estava possuída. Pra todo e qualquer manifestação diferente eles tem uma explicação, por conta disso passei o livro todo divida e duvidando se ela não estava fingindo.

Temos outros personagens que são importantes também na história, dentre eles o detetive Kinderman que está investigando um possível assassinato. E os funcionais que trabalham para Chris também tem sua carga de importância para a história. Que por sinal, vai muito além de ter o foco apenas no fato de Regan está ou não possuída.

O livro é bem escrito, me deixou presa a história e aos pequenos fatos. Tudo é importante, tudo é relevante. A história se desenrola de tal forma que é impossível concluir a leitura sem ficar com várias teorias e especulações. Não achei que a história foi escrita com o intuito de te causa um medo assustador – creio que o filme sim causa medo, ainda não assisti –, mas sim com o interesse em aguçar sua curiosidade e te fazer penar sobre diversos assuntos.

Pode ser que o fato de Chris ser ateísta tenha influenciado o comportamento de Regan, tendo em vista que ela nunca tinha conversado com a menina a respeito de religião. Ou não, não posso afirma com convicção.

Tem pequenos detalhes que me pegaram de jeito, que enriqueceram a leitura. Até mesmo os diálogos, certos trechos e explicações. Até o final é estritamente bem elaborado, eu recomendo pra você que já estava querendo ler. Eu particularmente não senti medo, e como fazia tempos que queria ler minhas expectativas foram superadas.

A edição também está linda. Eu gostei da capa (apesar de bizarra), da diagramação e principalmente da escrita do Willian Peter Blatty. Embora este seja seu livro mais famoso, pretendo ler outros.


É isso, espero que tenham gostado e me digam ai se já leram, se pretendem ler ou não?

Um beijo

20 comentários:

  1. O Exorcista é um clássico! Dos mais macabros, mas é. Ler não bota tanto medo, né? As cenas e sons dos filmes aterrorizam muito mais do que ler. Nossa imaginação funciona, mas acho que não é forte o bastante do que visualizar. Assim é que gruda na cabeça e a gente passa a noite rolando na cama mortas de medo hahaha. Mas olha, essa capa é sinistra kkk eu colaria uns adesivos de cachorrinho em cima desse olho, e isso que eu amo histórias de terror.
    Adorei a sua resenha!! Você está vendo/pretende ver a série The Exorcist que lançou agora?

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAH eu jurava que não ai conseguir ler, mas olha até que não me deu medo. Amei a leitura, sem sombras de dúvidas que é um dos melhores livros de terror já escrito.
      Ainda não assisti essa série que lançou, estou esperando ler mais algumas críticas a respeito pra saber se vale a pena conferir.
      Beijos

      Excluir
  2. Não me mata, mas só vi o filme! Lembro quando assisti a primeira vez fiquei meio chocada, mas depois meh. Gostaria de ler muito o livro, apesar de saber que ele não irá aterrorizar como algo visual :3 clássico é clássico, preciso ler!

    bjs, Carol | Espilotríssimo
    http://carolespilotro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Precisa ler sim Carol.
      Eu só vi assisti ao filme agora, depois de ler o livro e olha apesar de ser muito parecido e mais aterrizador.
      Beijos

      Excluir
  3. Oi, Dany!
    Se a gente parar pra ver, percebe que os livros e filmes da mesma época desse colocavam medo não por conta de sustos ou algo assim, mas pelo assunto. Muitos tratavam do tema do personagem possuído e coisas do tipo. Acho que o filme assusta mais mesmo, pelo menos no caso de "O exorcista". Quero muito ler, tá na minha listinha de clássicos de terror.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro sensacional, muito bem escrito e a história é muito envolvente.
      Concordo com você a respeito do livro passa medo por conta do assunto, é de fato bem interessante o assunto fora que a gente fica querendo saber mais.
      Recomendo muito.
      Beijos

      Excluir
  4. Oi Dany, tudo bem?

    Exorcista é um clássico, mas eu morro de medo! Só o filme me deixou chocada por muito tempo, imagina ler? Só de olhar pra capa tenho medo! Mas que bom que vc não teve medo e que a leitura foi boa!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Michele eu meio que pensava a mesma coisa, mas nem foi tuuudo isso.
      Pelo contrário, a leitura foi boa, a história é envolvente.
      O filme dá mais "medo" do que o livro.
      Beijos

      Excluir
  5. Oi,

    Eu morro de medo desses livros 😂😂 mas dá uma vontade de ler!

    Adorei!


    Abraços...

    Www.blogmichaelvasconcelos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não dá tanto medo assim rsrs
      Leia ;)
      Beijos

      Excluir
  6. Oie!! Menina, não dou brecha pra isso não, pelamor kkkkkkkkkkkk Mesmo você dizendo que não causou medo. Bjs,

    www.estranhoscomoeu.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHHA Vamos colocar o medo de lado kkkkk
      É uma boa leitura, pelo menos eu não senti medo.
      Beijos

      Excluir
  7. Olá, Dany.
    Que medo dessa capa hehe. Eu li esse livro tem muitos anos já e na época lembro que não gostei muito. Não tenho medo de livros assim e sim dos filmes. Acho que o que dá medo é o som heheh.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o diferencial do filme e toda a estética, os sons a caracterização dos personagens.
      Eu gostei de ambos, mas do livro por conta dos detalhes.
      Beijos

      Excluir
  8. Oi Dany!
    Mano, sério, eu não tive coragem de vê o filme antigo, quem dirá ler o livro. Sou medroso demais, tanto que no mês de terror, lá no blog, que cuida das coisas é os meninos. Prefiro fantasia ou um terror mais básico tipo Stanger Things que ainda consigo levar.
    Mas que bom que a leitura foi tão boa para você. Ja imaginando a situação em algumas cenas D:


    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pena rsrsrs
      Mas eu entendo, hoje em dia eu já não sinto tanto medo assim, embora tenha lido poucos livros de terror.
      Beijos

      Excluir
  9. Oi, Dany! Tudo bem? Só de ver essa capa eu já fico com medo. Então não, não leria "O Exorcista"! haha Mas adorei a resenha! <3

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Tony ;)
      Nem todo mundo encara mesmo, eu demorei muito pra consegui ter coragem pra ler.
      Beijos

      Excluir
  10. Oi
    que bom que gostou da leitura, eu mesmo não tenho coragem, nem assisti o filme até hoje por conta do medo.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O filme é mais pesado, as cenas também são bem mais assustadoras.
      Mas, como eu não senti tanto medo, gostei de ambos.
      Beijos

      Excluir